Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Apple Neural Engine: o microprocessador dedicado à inteligência artificial

Estás a ler: Apple Neural Engine: o microprocessador dedicado à inteligência artificial

Maçã pretende equipar os seus smartphones muito em breve com um chip exclusivamente dedicado à inteligência artificial. De acordo com um artigo da Bloomberg, este dispositivo, conhecido internamente como Neural Engine, será usado para desengajar o processador principal de todas as tarefas atribuídas à IA, como realidade aumentada ou até reconhecimento de voz e visual. Assim, o dispositivo ganhará autonomia e eficiência.

A Qualcomm e o Google já estão trabalhando no desenvolvimento de um processador dedicado à inteligência artificial. No entanto, é possível que os avanços atuais possam perturbar totalmente o mercado. De fato, o chip dedicado à inteligência artificial que será integrado aos smartphones envolverá a terceirização do poder de computação.

Maçã

Segundo a fonte da Bloomberg, o próximo iPhone não terá este dispositivo, mas os futuros modelos sim.

Para smartphones mais potentes

Atualmente, os aplicativos nos terminais da Apple relacionados à inteligência artificial são suportados por CPU e GPU. Este é, por exemplo, o caso da assistência de voz Siri. No entanto, isso tem repercussões consideráveis ​​na autonomia dos modelos.

Cálculos intensivos em tempo real têm um impacto definitivo no consumo de energia dos terminais e, portanto, pesam na autonomia da bateria. O futuro microprocessador da Apple será, portanto, a solução perfeita para garantir maior desempenho em seus produtos.

Terceirização de poder de computação

Para garantir a implementação deste microprocessador, uma das soluções tecnológicas possíveis consiste em recorrer a servidores remotos – nomeadamente a cloud – para subcontratar a potência informática necessária ao bom funcionamento da inteligência artificial. Assim, a troca de informações se dará via Internet.

Graças a esta solução, a autonomia dos carros-chefe é melhorado. No entanto, o consumo total de energia permanecerá astronômico porque esses farms de servidores ou centros de dados acabam por consumir muita energia.

A Apple deve logicamente dar mais detalhes sobre este projeto nos próximos meses. É até possível que a empresa de Cupertino decida esclarecer o que está acontecendo com seu futuro microprocessador durante a conferência dedicada aos desenvolvedores, uma conferência prevista para 5 de junho de 2017 em San José.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.