Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Apple planeja retirar linhas de produção da China

Estás a ler: Apple planeja retirar linhas de produção da China

Perante o decreto assinado por Donald Trump que proíbe as empresas americanas de colaborarem com as empresas de telecomunicações chinesas – incluindo a Huawei – a China pretende responder aumentando os direitos aduaneiros sobre muitos produtos fabricados no país. Consequentemente, o preço de alguns produtos nos Estados Unidos poderá muito em breve ser revisto em alta.

De acordo com as primeiras previsões, os preços dos computadores portáteis no mercado americano poderão assim aumentar 18%.

De acordo com um relatório recente da Nikkei Asian Review, Apple consideraria transferir parte de sua produção para fora da China.

A Apple não seria a única empresa americana a querer realocar suas produções. Segundo a Bloomberg, o Google também consideraria essa possibilidade para a fabricação de suas placas-mãe e dispositivos conectados.

A Apple está preparando uma solução de fallback

De acordo com o Nikkei Asian Review, a Apple pediu a seus principais fornecedores – incluindo Foxconn, Wistron e Pegatron – que avaliassem o custo de transferir 15% a 30% de sua produção na China para outros países.

Mesmo que o presidente Donald Trump queira que a empresa americana transfira sua produção para os Estados Unidos, ainda é provável que ela seja transferida para o Sudeste Asiático, já que a Índia e o Vietnã são os países mais propícios à produção do iPhone. Além disso, a empresa da Apple já conseguiu fabricar modelos de iPhone a um custo menor na Índia.

Além desses dois países, México, Indonésia e Malásia também poderão sediar a produção dos produtos da Apple.

O processo levaria mais de um ano

O executivo de um fornecedor da Apple disse recentemente que a decisão da Apple não estaria relacionada principalmente ao aumento das tarifas na China. Assim, um acordo entre a China e os Estados Unidos não necessariamente incentivaria a empresa de Cupertino a mudar seus planos.

No entanto, retirar a produção da China seria um processo “doloroso e difícil”. Cerca de cinco milhões de empregos seriam gerados principalmente pela fabricação de produtos da Apple no país asiático.

No entanto, analistas acreditam que a empresa americana só conseguirá transferir de 5% a 7% da produção do iPhone para um país como a Índia no espaço de 18 meses. E para uma transferência de 15%, levaria pelo menos dois ou três anos.

Note que a Apple ainda não decidiu nada. Assim, nenhuma possibilidade deve ser descartada.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.