Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Carros de trem para capturar dióxido de carbono

Estás a ler: Carros de trem para capturar dióxido de carbono

Os cientistas não estão ociosos quando se trata de a luta contra o aquecimento global. Vários métodos já foram propostos para capturar dióxido de carbono presente na atmosfera, uma das causas do efeito estufa. Nos Estados Unidos, uma empresa chamada CO2Rail oferece uma solução única. Trata-se de conectar vagões especializados aos trens comuns.

Esses carros especiais usarão a energia obtida através da frenagem regenerativa para alimentar um dispositivo que coletará o dióxido de carbono produzido pelo trem. Isso evitará que gases nocivos sejam liberados na atmosfera.


Um trem
Créditos 123RF.com

Com a temperatura global continuando a subir, estamos nos voltando cada vez mais para tecnologias de captura direta de CO2. Os Estados Unidos, por exemplo, anunciaram recentemente que investiriam bilhões para desenvolver essa área.

O problema da energia

Geralmente, as instalações de captura de CO2 requerem uma grande área de terreno para construçãomas também uma grande quantidade de energia que muitas vezes vem de fontes renováveis. A ideia do CO2Rail baseia-se na utilização de uma energia que pode ser obtido de todos os tipos de trem.

Segundo a empresa, seus vagões são projetado para coletar a energia gerada pela frenagem regenerativa. Isso permitirá que as baterias a bordo sejam recarregadas, aproveitando o efeito de explosão dos trens em movimento para evitar a necessidade de ventiladores.

Este ar em movimento é redirecionado para uma câmara de coleta cilíndrica. Nesse quarto, um processo químico removerá o CO2 e guarde-o em um reservatório de líquido que possa ser esvaziado. O ar livre de carbono será liberado pela traseira do vagão.

As vantagens do método

De acordo com os pesquisadores por trás desse novo método, cada manobra completa de frenagem de um trem gera energia suficiente para abastecer 20 casas por dia. Atualmente, essa energia apenas se dissipa como calor. Mas se a coletarmos de todos os trens que param no mundo, obteríamos uma quantidade de energia 105 vezes maior do que o gerado pela barragem Hoover no mesmo período de tempo.

Do lado da captura de carbono, o professor Peter Styring da Universidade de Sheffield explica que esta tecnologia pode capturar quantidades significativas de carbono a custos muito mais baixos. Poderia ter uma produtividade anual de 0,45 gigatoneladas até 2030, 2,9 gigatoneladas até 2050 e 7,8 gigatoneladas até 2075cada vagão com capacidade anual de 3.000 toneladas de CO2 capturadas no curto prazo.

Todas as soluções são boas no que diz respeito à captura de dióxido de carbono da atmosfera. No entanto, o custo das operações deve permanecer baixo o suficiente para garantir a viabilidade do projeto. Usar a tecnologia CO2Rail custaria um pouco mais do que 49 euros por tonelada de CO2 capturada no longo prazo.

FONTE: newatlas

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.