Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

China está desenvolvendo um simulador de gravidade lunar

Estás a ler: China está desenvolvendo um simulador de gravidade lunar

Os Estados Unidos e seus parceiros internacionais estão atualmente em plena preparação para poder retornar à Lua até o final da década. Mas outro país também está trabalhando ativamente para permitir que seus astronautas coloquem os pés em solo lunar, a China. Além da construção de foguetes capazes de levar passageiros à Lua, sabemos agora que o país está desenvolvendo um simulador de gravidade lunar que permitirá a realização de testes de preparação.

De acordo com o que foi informado pelo Correio matinal do Sul da China, pesquisadores chineses estão trabalhando em um dispositivo que pode produzir gravidade semelhante à lua. Na verdade, é um invólucro a vácuo usando um poderoso campo magnético capaz de recriar um ambiente de baixa gravidade.


Paisagem lunar
Créditos 123RF.com

De acordo com Li Ruilin, engenheiro geotécnico da Universidade de Mineração e Tecnologia da China, quando o dispositivo estiver pronto, ele poderá “fazer a gravidade desaparecer pelo tempo que você quiser”. A fabricação do dispositivo em questão pode ser concluída dentro de alguns meses.

Não para astronautas

Embora ser capaz de se movimentar em um ambiente de baixa gravidade sem sair da Terra seja algo que todos gostaríamos de experimentar, o dispositivo desenvolvido por cientistas chineses não se destina a humanos. De fato, o recinto terá um diâmetro de 60 cm, o que está longe de ser suficiente para um astronauta vestido com seu traje espacial.

O dispositivo pode, no entanto, ser usado para testar equipamentos e ferramentas que poderiam ser usados ​​na Lua. Os pesquisadores poderão ver como esses objetos reagirão ao ambiente de baixa gravidade do nosso satélite.

Segundo Li Ruilin, alguns experimentos que ocorrerão no recinto levarão alguns segundos, como os testes de impacto. Mas outros, como testes de fluência, podem levar vários dias.

A origem da invenção

De acordo com as informações, o simulador é parcialmente inspirado em um estudo realizado pelo físico russo Andrew Geim. Este físico conseguiu fazer um sapo flutuar usando um ímã. Essa experiência também permitiu que Geim recebesse o Prêmio Ig Nobel de Física. É um prêmio satírico dado para recompensar pesquisas científicas incomuns.

De qualquer forma, poder testar o material com antecedência tem muitas vantagens no campo do espaço. Isso permitirá, entre outras coisas, detectar certas falhas que podem causar problemas quando chegar a hora.

FONTE: Futurista

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.