Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Covid-19: teste rápido baseado em anticorpos não seria suficientemente preciso

Estás a ler: Covid-19: teste rápido baseado em anticorpos não seria suficientemente preciso

Um estudo realizado por pesquisadores das universidades de Bristol, Cambridge e Warwick, questiona a precisão do teste rápido AbC-19. Como lembrete, este teste foi desenvolvido para profissionais de saúde que trabalham nos Estados Unidos e no Reino Unido. Seu princípio é simples: detectar a presença de anticorpos contra o SARS-CoV-2, o vírus Covid-19, a partir de uma pequena gota de sangue obtida por meio de uma picada no dedo.

Este teste tem muitas vantagens. Seus resultados são obtidos em apenas 20 minutos. Além disso, seu uso dispensa qualquer equipamento de laboratório especializado. AbC-19 foi desenvolvido em conjunto pela Abingdon Health e Omega Diagnostics. Depois que este teste foi colocado em circulação, um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Ulster deu uma precisão de cerca de 100%. Segundo eles, as chances de obter falsos positivos são nulas. Este estudo ainda não foi objeto de uma “revisão por pares” antes de sua publicação.

Foto de Fernando Zhiminaicela – Pixabay.com

Especialistas das universidades de Bristol, Cambridge e Warwick contestam esses resultados.

Resultados diferentes

Pesquisadores da Universidade de Ulster atribuíram 100% de precisão ao teste rápido AbC-19 e uma sensibilidade de 97,7%. A sensibilidade é a capacidade de um teste para identificar corretamente uma amostra verdadeiramente positiva.

A suposta eficácia do AbC-19 levou o governo britânico a encomendar testes no valor de US$ 100 milhões. No entanto, pesquisadores das universidades de Bristol, Cambridge e Warwick encontraram resultados bastante diferentes.

Precisão avaliada em 97,9%

Neste novo estudo, os pesquisadores analisaram amostras de sangue de 2.847 pessoas que trabalham na área da saúde. 268 deles deram positivo para Covid-19 após um teste de PCR e 2.579 não tinham histórico de infecção.

Além disso, eles testaram as amostras de 1.995 doadores de sangue obtidos antes da pandemia. Os resultados dessas novas análises revelaram 97,9% (não 100%) de precisão do AbC-19. Este estudo avalia a sensibilidade deste teste rápido em 92,5%.

Segundo os pesquisadores, esse número pode até cair para 84,7% se os indivíduos foram vítimas de uma infecção anterior totalmente desconhecida.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.