Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

DuAxel, os rovers que vão explorar as crateras de Marte

Estás a ler: DuAxel, os rovers que vão explorar as crateras de Marte

Rovers desempenham um papel muito importante na exploração espacial. Essas máquinas são usadas para capturar imagens da superfície dos planetas, mas também para coletar amostras. É, portanto, necessário equipá-los com tecnologia de ponta que lhes permita cumprir as suas missões.

Atualmente, a NASA está trabalhando no protótipo de um novo rover que explorará as crateras de Marte. Esta máquina herdou o nome DuAxel. À primeira vista, este rover se assemelha a outros instrumentos do mesmo tipo. No entanto, difere em seu funcionamento.

O DuAxel é mais livre em seus movimentos e pode até se dividir em dois para facilitar o movimento.

Um rover que combina flexibilidade e versatilidade

Em 13 de outubro de 2020, o Jet Propulsion Laboratory (JPL) da NASA divulgou um comunicado para apresentar o DuAxel. É um rover de quatro rodas, como estamos acostumados a ver. No entanto, destaca-se de outras máquinas pela sua flexibilidade e versatilidade.

Uma de suas principais missões será descer em crateras marcianas para explorá-las. Para fazer isso, o rover pode se dividir em dois. Uma das peças permanecerá no chão para se segurar. O outro, enquanto isso, descerá de rapel até o fundo da cratera. Durante esta manobra, as duas partes do rover serão ligadas por um cabo. Para montá-los, basta rebobinar o cabo.

DuAxel, uma máquina que se provou

Antes de enfrentar as condições extremas de Marte, DuAxel teve que passar por inúmeros testes na Terra. Os pesquisadores do JPL o enviaram ao deserto de Mojave, na Califórnia, para testar suas habilidades. Segundo o comunicado, os resultados dos primeiros testes são animadores.

“A DuAxel teve um desempenho extremamente bom em campo, demonstrando com sucesso sua capacidade de abordar terrenos difíceis. Ele foi capaz de destacar seu rover Axel, que manobrava de forma autônoma em encostas íngremes e rochosas. Ele implantou seus instrumentos sem a necessidade de um braço robótico”, disse Issa Nesnas, especialista em robótica que trabalha no JPL.

Segundo os pesquisadores, o uso de tal rover “abre o acesso a terrenos extremos em corpos planetários como a Lua, Marte, Mercúrio e possivelmente alguns mundos gelados, como a Lua de Júpiter, Europa. »

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.