Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Europa quer recuperar mobilidade elétrica

Estás a ler: Europa quer recuperar mobilidade elétrica

Os Estados Unidos e a China estão à frente em mobilidade elétrica. A União Européia, que está em retrocesso em relação a essas nações, teme não poder acompanhar essa revolução. O comissário europeu para a Energia, Marcos Sefcovic, declarou assim no jornal alemão Sueddeutsche que a Europa deve alcançar estes intervenientes na mobilidade elétrica.

Marcus Sefcovic vê as baterias como um elemento importante para garantir a mobilidade de amanhã. Ele expressa assim seus temores sobre o fato de a China e os Estados Unidos dominarem o mercado de produtos relacionados a carros elétricos. Isso traria a Europa de volta a 1970, ano que testemunhou o atraso do velho continente diante da invenção do Boeing no setor aeronáutico.

Plugues de carros autônomos

Segundo o eslovaco, os europeus terão que reunir seus conhecimentos e capital para poder criar o futuro Airbus de baterias.

Reduzir as importações de produtos asiáticos

Sefovic deseja motivar os industriais e construtores europeus para que não precisem mais importar tecnologias do exterior.

No entanto, é claro que, atualmente, os produtos da Ásia são os mais baratos.

No momento, os fabricantes europeus lançam regularmente novos produtos elétricos. No entanto, esses fabricantes não garantem que os modelos elétricos possam um dia prescindir de baterias importadas do exterior.

2,4 bilhões de euros para motivar fabricantes e fabricantes europeus

O comissário, no entanto, incentivou o mercado especificando que o objetivo a ser alcançado é colocar o maior número possível de veículos com energia alternativa nas ruas. Para fazer isso, o comissário europeu está fornecendo aos fabricantes um orçamento de pesquisa e desenvolvimento no valor de 2,4 bilhões de euros.

A legislação sobre a produção de veículos em que haveria uma participação obrigatória destinada aos carros elétricos também pode ver a luz do dia. Este sinal lançado por Sefcovic é muito semelhante aos regulamentos legislados na China.

Resta esperar que este intervencionismo europeu não termine como o intervencionismo levado a cabo pela República Popular da China, que criou uma bolha financeira que teve de ser brutalmente destruída.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.