Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Intel: laptops com 28 horas de autonomia em breve?

Estás a ler: Intel: laptops com 28 horas de autonomia em breve?

Um verdadeiro obstáculo para muitos fabricantes, a autonomia de nossos dispositivos eletrônicos favoritos geralmente falta com uma resistência que raramente excede o uso de um dia. Se nos smartphones, o carregamento rápido compensa essas deficiências de autonomia, o setor de laptops muitas vezes deixa a desejar neste ponto. Felizmente para os usuários humildes que somos, Intel poderia ter encontrado uma solução sob medida para este problema espinhoso… e surpreendentemente não vem nem de baterias mais potentes, nem de processadores menos gananciosos em Watts.

Este é justamente o interesse da “Low Power Display Technology” que o fundidor de Santa Clara apresentou durante sua coletiva de imprensa na Computex. Como o próprio nome sugere, essa tecnologia ataca o consumo de tela de nossos laptops.

A grande promessa da Intel com esta nova tecnologia e para permitir que nossos computador portátil para durar cerca de trinta horas antes de pedir uma tomada. Um número impressionante que a marca obteve em um laptop comum de 13 polegadas, equipado no entanto com um painel (muito) eficiente em termos energéticos, desenvolvido em parceria com a Sharp e a Innolux. Segundo a Intel, o aparelho aguentaria, graças à sua tela, nada menos que 28 horas de bateria.

Números que infelizmente devem ser tomados em retrospectiva

Primeira especificidade do painel desenvolvido pela Sharp e Innolux, seu consumo é reduzido para apenas 1 watt. É metade do tamanho de uma tela de laptop comum. Com este grande avanço, a Intel anuncia que – dependendo dos modelos e dos contextos de uso – o laptops quem está equipado com ele pode contar com 4 a 8 horas de resistência adicional. Em um Dell XPS 13, a empresa indica, por exemplo, que a autonomia aumentou de 20 para 25 horas. É muito, mas claramente temos que colocar algumas ressalvas aqui.

Para alcançar essa autonomia, um certo número de concessões deve, de fato, ser feito. A Intel admite assim que é necessário ativar vários sistemas de economia de energia, favorecer os fones de ouvido sobre os alto-falantes integrados e diminuir o brilho praticamente ao mínimo. Por fim, observe que essa famosa “Tecnologia de exibição de baixo consumo” funciona apenas com circuitos gráficos da Intel.

PCs com chips GPU da Nvidia e AMD não poderão, portanto, se beneficiar dele.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.