Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Não, a China não perdeu contato com sua segunda estação espacial

Estás a ler: Não, a China não perdeu contato com sua segunda estação espacial

À medida que o segundo laboratório espacial da China, Tiangong-2, despencou inesperadamente em direção à Terra, novos dados sugerem que é improvável que ele colida com nosso planeta como aconteceu com seu antecessor em abril de 2018.

A China já fez alguns arranjos para tirar a órbita de Tiangong-2, caso o laboratório continue sua descida.

Tiangong-2 começou a apontar para a Terra há cerca de duas semanas, descendo a uma altitude de 95 quilômetros. No entanto, na sexta-feira, 22 de junho de 2018, um astrônomo de Harvard, Jonathan MacDowell, notou que o laboratório havia retornado à sua antiga órbita, localizada a 390 quilômetros da Terra.

Segundo McDowell, esse retorno do Tiangong-2 à sua posição inicial não é fruto do acaso, como demonstram os dados de manobra coletados pelo governo americano.

Um teste funcional

O astrônomo diz que a queda da Tiangong-2 foi um exercício orquestrado pelos chineses para coletar mais dados sobre a operação dos subsistemas a bordo da estação espacial, especificamente, seus propulsores, que serão integrados a bordo da estação espacial. enviar para o espaço em 2022.

McDowell acrescentou que o governo chinês provavelmente queria testar a operação e a confiabilidade do sistema de propulsão do Tiangonng-2 após dois anos no espaço.

Este segundo laboratório chinês de 9,5 toneladas foi colocado em órbita em setembro de 2016.

Tiangong-2 ainda não cairá na Terra

O primeiro laboratório da China, Tiangong-1, foi lançado em setembro de 2011. No entanto, as autoridades chinesas perderam o controle em março de 2016. Nada pôde ser feito quando o laboratório mergulhou em direção à Terra em 1er Abril de 2018 para quebrar e queimar no Pacífico Sul.

As manobras realizadas pelas autoridades chinesas no Tiangong-2 sugerem que este segundo laboratório está sob seu controle. Segundo McDowell, essas manobras consumiram muito combustível. O astrônomo acha que a China não deveria ter problemas para desorbitar Tiangong-2 se quisesse.

A única condição para que a China consiga desorbitar este laboratório será que ele contenha combustível suficiente.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.