Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Nvidia levanta o véu em seu Tegra 5, ou melhor, em seu Tegra K1

Estás a ler: Nvidia levanta o véu em seu Tegra 5, ou melhor, em seu Tegra K1

Todo ano, Nvidia aproveita a CES para apresentar seus novos chips móveis e esta nova edição do famoso show de Las Vegas não foge à regra. O fundador acaba de lançar seu Tegra 5! Por fim, isso não é totalmente correto, pois este último mudou de nome e finalmente será comercializado com outro nome: Tegra K1. No final, não importa porque o que importa é o seu poder de computação. Nesse sentido, a Nvidia parece ter feito as coisas muito bem, já que o Tegra K1 reunirá não menos 192 corações e será totalmente compatível com o Unreal Engine 4. Em outras palavras, produzirá algo bom.

Deve-se admitir que o Tegra 4 não teve o sucesso esperado. Apesar de todas as suas qualidades, não conseguiu se impor ao tenor do gênero, o Snapdragon 800. Basta dar uma olhada rápida na ficha técnica dos últimos “superfones” comercializados por nossos amigos fabricantes para perceber isto. Estes últimos optaram efetivamente pelo chip Qualcomm e é, portanto, este último que encontramos no LG G2 (testado aqui), no Sony Xperia Z1 (testado aqui) ou no Samsung Galaxy Note 3 (testado aqui), para nome, mas alguns.

Nvidia Tegra K1

A Nvidia terá, portanto, um trabalho no conselho para reverter a tendência.

O Tegra K1 não carece de argumentos para convencer. Primeiro e não menos importante, tira proveito da arquitetura Kepler, encontrada nas placas gráficas de ponta produzidas pelo fundador. O poder de computação não será o mesmo, é claro, mas devemos admitir que isso é uma boa notícia. Atrás, saiba, além disso, que encontraremos um processador ARM quad-core apoiado por uma GPU composta por 192 núcleos, contra 72 núcleos para o do Tegra 4. Como mencionado anteriormente no artigo, o Tegra K1 poderá, assim, rodar o Unreal Engine 4. Uma garantia de qualidade, sem dúvida. A Nvidia também começou a antecipar o futuro e se o chip da empresa for capaz de equipar nossos smartphones e touch pads, não terá problemas para encontrar seu lugar em nossas televisões, nossos carros ou mesmo nossos consoles de jogos.

Interessante, mas ainda não acabou porque a Nvidia também apresentou uma segunda versão do seu Tegra K1, uma versão desta vez incorporando um processador Denver dual-core capaz de lidar com instruções de 64 bits. Também deve ser dito que essas instruções estão muito na moda desde o lançamento do iPhone 5s e do chip A7. A Samsung também deve aproveitar a CES 2014 para apresentar seus Exynos de 64 bits.

Através da

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.