Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Oferta 5G: o CLCV entra com ação judicial contra Orange e SFR

Estás a ler: Oferta 5G: o CLCV entra com ação judicial contra Orange e SFR

No início desta semana, o CLCV (Consommation Logement Cadre de vie) anunciou sua intenção de levar a Orange e a SFR ao tribunal. A associação nacional para a defesa de consumidores e usuários acusa notavelmente as duas gigantes francesas de telecomunicações de falta de transparência na promoção de suas ofertas 5G.

Os pacotes 5G costumam ser mais caros que os pacotes 4G e combinados com um compromisso mínimo. Este compromisso não permitirá que o consumidor jogue a competição quando estiver insatisfeito, exceto para ter que pagar multas de rescisão significativas e muitas vezes dissuasivas. podemos ler em um comunicado de imprensa publicado pelo CLCV em 23 de dezembro de 2020.

Perante a situação, a associação nacional de defesa dos consumidores e utilizadores considera ” é urgente esperar quando se trata de 5G.

Os resultados de uma pesquisa com mil franceses

A CLCV tirou as suas conclusões depois de realizar um inquérito a 972 franceses. Como resultado, 73% dos entrevistados geralmente estão satisfeitos com suas redes móveis. No entanto, a taxa de satisfação nos departamentos de baixa densidade é menor (63%).

A maioria dos inquiridos (87%) também está ciente de que a implantação da rede móvel de quinta geração não é isenta de impactos negativos no ambiente. O Alto Conselho para o Clima também falou sobre o impacto de carbono do 5G em um relatório publicado em 19 de dezembro.

O CLCV também levantou questionamentos sobre os possíveis efeitos colaterais que as frequências utilizadas para o 5G terão na saúde.

Requisitos CLCV

Basicamente, o CLCV observa que ” a informação pré-contratual entregue aos consumidores não é satisfatória “. A associação, portanto, espera que as operadoras sejam mais explícitas ao se comunicar em 5G.

Segundo o CLCV, é sobretudo necessário falar com os consumidores sobre as condições de implantação do 5G. Como lembrete, isso será feito gradualmente ao longo dos próximos 10 anos. Todo o território, portanto, só será coberto até 2030.

Além disso, os usuários 5G em áreas cobertas não desfrutam dos mesmos privilégios. Como aponta o CLCV, as velocidades variam devido às frequências utilizadas pelos operadores mas também devido à densidade de utilizadores “.

A associação nacional para a defesa dos consumidores e utilizadores acredita também que ” a menção de um fluxo teórico máximo deve ser proibida “na medida em que isso” não tem uso informativo e/ou comparativo “.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.