Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Oura Ring: Segundo investigadores, este pequeno gadget consegue detetar sintomas da Covid-19 muito cedo

Estás a ler: Oura Ring: Segundo investigadores, este pequeno gadget consegue detetar sintomas da Covid-19 muito cedo

Em abril passado, cientistas que trabalham no RNI (Rockefeller Neuroscience Institute), WVU (West Virginia University) apresentaram o Oura Ring, um anel vestível que pode ajudar a diagnosticar a presença do vírus Covid-19 em uma pessoa.

O principal objetivo é ser capaz de detectar os sintomas da doença o mais cedo possível.

Os pesquisadores por trás do estudo afirmam que o anel conectado seria capaz de detectar sintomas ligados ao Covid-19 três dias antes, com precisão de até 90%.

No entanto, o Oura Ring não pode substituir os testes convencionais para o diagnóstico do coronavírus. No entanto, pode ajudar o usuário a monitorar seu estado de saúde e, assim, decidir quando consultar um médico em caso de sintomas ou sinais preocupantes.

Testes a nível médico

Atualmente, os testes no dispositivo são realizados com 600 pessoas, incluindo socorristas e profissionais que trabalham na área da saúde.

“Acreditamos que esta plataforma será parte integrante da proteção de nossos profissionais de saúde, nossos socorristas e nossas comunidades”, disse o presidente executivo da RNI, Ali Rezai. Acrescentou ainda que é uma das formas de se adaptar à era da Covid-19.

Por outro lado, um projeto RNI em colaboração com a Thomas Jefferson University e a Vanderbilt University para incluir mais de 10.000 participantes nos testes está em andamento.

Como o Oura Ring pode prever sintomas do Covid-19?

Segundo relatos, é uma abordagem que usa a neurociência para rastrear o estado de saúde de uma pessoa. A função do aparelho é avaliar o estresse, a ansiedade, a memória e outros parâmetros fisiológicos e cognitivos de seu usuário. Ao mesmo tempo, ele coleta vários tipos de dados, como frequência cardíaca, temperatura corporal ou até mesmo frequência respiratória. A Inteligência Artificial poderá então fazer um diagnóstico assim que os dados do Oura Ring e do aplicativo forem coletados.

Em um comunicado, o CEO da Oura Health, Harpreet Rai, disse esperar que a tecnologia da Oura possa melhorar a compreensão e a identificação dos sinais fisiológicos e sinais de alerta mais sutis do nosso corpo – para doenças infecciosas como o Covid-19.

De qualquer forma, mesmo que o Anel da Oura ainda apresente 10% de incerteza em seus diagnósticos, os resultados obtidos até agora parecem bastante animadores. Esse dispositivo pode realmente ajudar a identificar as pessoas infectadas precocemente, para que as autoridades possam colocá-las em quarentena e tratá-las antes que a doença piore ou comecem a transmitir o vírus às pessoas ao seu redor.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.