Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Pesquisadores combinam sensor tátil de baixo custo com aprendizado de máquina para desenvolver robôs …

Estás a ler: Pesquisadores combinam sensor tátil de baixo custo com aprendizado de máquina para desenvolver robôs …

Pesquisadores da ETH de Zurique anunciaram que aproveitaram o aprendizado de máquina para desenvolver um sensor tátil de baixo custo. O sensor pode medir a distribuição de força em alta resolução e com alta precisão. Esses recursos permitem que o braço do robô segure objetos sensíveis e frágeis com mais destreza. É muito importante permitir que as garras robóticas sintam-se mais eficientes.

Nos seres humanos, nosso senso de toque nos permite pegar itens frágeis ou escorregadios com as mãos, sem medo de esmagar ou derrubar o item. Se um objeto cair sobre os dedos, podemos ajustar a força do nosso grupo de acordo. Os cientistas querem que as garras robóticas que captam os produtos tenham um tipo de feedback semelhante ao que os seres humanos obtêm do nosso senso de toque. O novo sensor que os pesquisadores criaram é considerado um passo significativo para uma “pele robótica”.

O sensor consiste em uma capa de silicone elástica com microesferas de plástico coloridas e uma câmera comum fixada na parte inferior. O sensor baseado na visão pode ver quando entra em contato com um objeto e um recuo aparece na pele de silicone. O contato altera o padrão das microesferas que podem ser registradas pela lente olho de peixe na parte inferior do sensor. Alterações no padrão das microesferas são usadas para calcular a distribuição de força no sensor.

A pele robótica criada pelos cientistas pode distinguir entre várias forças que atuam na superfície do sensor e calculá-las com altos graus de resolução e precisão. A equipe pode determinar a direção a partir da qual a força está agindo. Ao calcular as forças que estão empurrando as microesferas e em quais direções, a equipe usa um conjunto de experimentos e dados.

Essa abordagem permite que a equipe controle com precisão e varie sistematicamente a localização do contato, a distribuição de força e o tamanho do objeto que faz o contato. O aprendizado de máquina permite que os pesquisadores registrem milhares de instâncias de contato e as correspondam com precisão às mudanças no padrão de contas. A equipe também está trabalhando em sensores maiores, equipados com várias câmeras e que podem reconhecer objetos de formas complexas. Eles também estão trabalhando para tornar o sensor mais fino.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.