Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Quando um astronauta captura um redemoinho azul claro no Oceano Pacífico

Estás a ler: Quando um astronauta captura um redemoinho azul claro no Oceano Pacífico

Um astronauta da NASA acabou de compartilhar uma foto de um estranho redemoinho acima do Pacífico Sul no Twitter. Seu tweet despertou a curiosidade de muitos internautas. No entanto, Doug Hurley está a bordo da ISS há apenas duas semanas. Foi lançado ao espaço com o astronauta Bob Behnken a bordo do Falcon 9, um foguete SpaceX de propriedade da empresa de Elon Musk.

A estação onde Hurley está localizada está em órbita a uma altitude de quatrocentos e oito quilômetros ao redor da Terra. Ela faz cerca de dezesseis viagens por dia.

Uma visão da ISS

A esta altura, os viajantes espaciais têm uma visão única do nosso planeta. A maioria dos humanos certamente não terá a chance de se divertir.

Uma série de teorias alternativas foram divulgadas no Twitter sobre o que está na foto. Alguns usuários acreditam que seja um monstro marinho, chamando o redemoinho de obra de uma enorme criatura ou, como sempre, de alienígenas.

Um papel fundamental nas mudanças climáticas

“Este estranho redemoinho azul claro chamou minha atenção enquanto sobrevoávamos o Pacífico Sul. Eu entendi fotografado da ISS »escreveu Doug Hurley.

Esses redemoinhos oceânicos gigantes são, na verdade, volumes de água quente e muito salgada que retêm matéria e energia nos oceanos. Eles são chamados “Anéis de Agulhas” Onde “Anéis das Agulhas”nome tirado de um cabo localizado na África do Sul.

Os cientistas modelam esses objetos de aproximadamente quinhentos quilômetros de largura usando equações de buracos negros.

Segundo a pesquisa, esses vórtices desempenhariam um papel nas mudanças climáticas. Os que vinham da corrente das Agulhas em direção ao Atlântico Norte atenuariam o efeito do derretimento do gelo trazendo águas muito salgadas e mornas. Isso sugere que a astrofísica relativística poderia fornecer explicações para a geofísica do clima.

Uma ressurgência de nutrientes ou plâncton

“O oceano é um enorme corpo de água que está em constante movimento. Esses fluxos oceânicos são correntes que se cruzam. Eles formam correntes circulares de água chamadas redemoinhos.explicou a NOAA (Administração Nacional Oceânica e Atmosférica).

Na realidade, seria uma extraordinária ressurgência de nutrientes ou plâncton que normalmente são encontrados nas profundezas dos oceanos. Segundo os cientistas, é esse redemoinho que faz com que certos componentes enterrados no fundo dessas águas frias e profundas flutuem para a superfície.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.