Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Rocket Lab colocou satélites em órbita pela primeira vez

Estás a ler: Rocket Lab colocou satélites em órbita pela primeira vez

O início do ano de 2018 é colocado sob o signo do sucesso para a empresa aeroespacial Rocket Lab. Em maio de 2017, a start-up já planejava lançar o primeiro lançador da Nova Zelândia, mas a operação foi adiada porque o clima não estava favorável por lá. Vários meses depois, a empresa finalmente conseguiu colocar seus primeiros satélites em órbita a partir de sua plataforma de lançamento na Nova Zelândia.

Esta operação foi possível graças ao lançador chamado Electron projetado pela Rocket Lab e do qual certas partes do motor foram impressas em 3D para reduzir o custo das missões. Graças a um design modular, a montagem deste lançador pode ser feita rapidamente. O objetivo da empresa aeroespacial é facilitar a exploração do espaço próximo à Terra.

RocketLab

O sucesso desta operação permitirá à Rocket Lab lançar o seu serviço comercial de colocação em órbita de pequenos satélites.

Um lançador com nove motores

Em termos de economia, o Rocket Lab atingiu o ponto ideal. Com seu motor parcialmente projetado com impressão 3D, o lançador Electron permite à empresa reduzir o custo de lançamentos de satélites. Este veículo lançador é movido por nove motores Rutherford, todos movidos por uma mistura de oxigênio e querosene, desenvolvida pela Rocket Lab.

Antes do lançamento desses primeiros satélites, o Electron foi submetido a inúmeros testes para garantir sua robustez e confiabilidade.

Enquanto isso, o corpo do lançador foi construído com materiais compostos leves e fortes.

Um mercado promissor

Graças ao seu lançador, a Rocket Lab espera lançar pequenos satélites semanalmente em órbita baixa, uma operação rica em oportunidades. O lançamento destes pequenos satélites é um mercado a desenvolver nos próximos anos com um custo de missão que rondará os 5 milhões de dólares.

Por enquanto, as missões chegam a dezenas ou mesmo centenas de milhões de dólares. Com este primeiro teste bem-sucedido, o Rocket Lab prova que é confiável e experiente o suficiente para lidar com esse tipo de operação.

A empresa aeroespacial planeja realizar mais de 50 lançamentos por ano. A longo prazo, o Rocket Lab prevê uma taxa de 120 demissões anuais.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.