Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Segundo as autoridades sanitárias francesas, os produtos de charcutaria são uma das causas do cancro do cólon

Estás a ler: Segundo as autoridades sanitárias francesas, os produtos de charcutaria são uma das causas do cancro do cólon

Isso não gosta produtos de charcutaria ? Esses alimentos estão entre os favoritos dos gourmets, mas os médicos acabaram de confirmar que comer salsichas ou salame não era não é realmente benéfico para a saúde, especialmente ao nível do cólon.

Do Autoridades de saúde francesas acabaram de anunciar que conseguiram provar que nitratos usados ​​para preservação produtos de charcutaria tinham uma ligação com Cancer de colo. Essa descoberta foi feita peloalças Onde Agência Nacional de Segurança Alimentar, Ambiental e de Saúde Ocupacional que é o órgão regulador de segurança alimentar francês. Os resultados obtidos por esta organização alinham-se com os de uma estudo realizado pela OMS em 2015 e quem disse que carnes vermelhas salgadas e processadas pertencia ao categoria de cancerígenos. Nesta categoria, encontramos amianto, álcool, arsênico e tabaco.


Delicatessen
Créditos 123RF.com

De acordo com um artigo de Guardião, o governo francês reagiu rapidamente à recomendação da ANSES de “limitar a exposição através dos alimentos”. Nós sabemos um plano está em andamento reduzir o uso de nitratos.

Uma decisão complicada

Pode-se pensar que a proibição do uso de nitratos na dieta seria suficiente para eliminar a ameaça, mas não é tão simples assim. A França é um dos maiores produtores de charcutaria do mundo, e a proibição do uso de conservantes necessários à indústria pode ter impactos negativos na indústria.

Este facto não escapou ao conhecimento das autoridades francesas, que indicaram que é limitar a utilização de nitratos ao estritamente necessário. As autoridades indicaram que a redução no uso terá que ser feita de forma equilibrada para garantir a segurança alimentar dos consumidores.

Uma redução no uso de conservantes pode, no entanto, causar outro tipo de problema. De acordo com a ANSES, isso pode levar a mais casos de doenças relacionadas à alimentação, como botulismo ou disseminação de salmonela.

As soluções propostas

Em seu comunicado de imprensa, a ANSES não deixou de propor soluções. Existe por exemplo a redução da duração antes da data de expiração produtos ou modificação dos processos de preparação.

Do lado do consumidor, essas soluções significam que eles devem evitar manter os produtos por muito tempo, provenientes de produtores locais, mas também escolher o máximo possível produtos que vêm diretamente da fazenda.

Assim, enquanto aguardamos as medidas propostas pelo governo, seria preferível reduzir ao máximo o consumo de frios.

FONTE: Futurista

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.