Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Stephen Hawking irritado com a origem crítica do Universe Post

Estás a ler: Stephen Hawking irritado com a origem crítica do Universe Post

Um artigo de coautoria de três pesquisadores e publicado na revista Scientific American criou uma grande onda de raiva entre os principais cientistas do mundo, incluindo Stephen Hawking. Publicado em fevereiro passado, o post criticou fortemente a teoria da inflação cósmica de Alan Guth, chegando a chamá-la de “ciência lixo”. Em resposta a tal provocação, uma carta aberta assinada por trinta e três físicos furiosos foi publicada na mesma revista.

A carta é uma resposta direta às críticas feitas pelo trio, um dos quais não é outro senão Paul Steinhardt, ex-colega de Guth. Entre os signatários estão o próprio Alan Guth, Andrei Linde e os cosmólogos David Kaiser e Yasunori Nomura. Há também Lisa Randall da Harvard College, Leonard Susskind da Stanford University e, claro, Stephen Hawking.

Stephen Hawking

Todos concordam que a teoria de Guth não é perfeita. O que eles não aceitam, no entanto, é a afirmação de que a teoria não era testável e, portanto, não científica.

A teoria da inflação seria “não realmente científica”

O post afirmava que a cosmologia inflacionária não poderia “ser avaliada usando o método científico”. Os críticos também enfatizaram o ponto, acrescentando que os cientistas que apóiam essa teoria estão, portanto, rejeitando a “testabilidade empírica” ​​da ciência.

Esta crítica bastante violenta provocou a ira de todos aqueles que foram visados.

Na carta aberta, os trinta e três pesquisadores se uniram. Eles lembraram que em trinta e sete anos, várias previsões da teoria da inflação se mostraram corretas, além de serem verificáveis. Este foi particularmente o caso da densidade de massa média do Universo.

Quanto às outras questões incertas, não é porque ainda não foram respondidas que não são científicas.

Uma “guerra” de opiniões por carta interposta

Após essa resposta ardente de Guth e seus colegas leais, os autores do primeiro post foram rápidos em passar a responsabilidade. Também na Scientific American, eles afirmam manter firmemente sua posição. Para eles, a inflação foi uma vez verificável. Hoje, no entanto, passou de “teoria que parece fazer previsões definitivas” para “uma teoria que não faz previsões definitivas”.

Lembre-se que, em linhas gerais, a teoria da inflação cósmica explica a origem do Universo. Este último teria experimentado uma enorme fase de expansão logo após o Big Bang, seguida por uma liberação significativa de energia. A teoria foi apresentada em 1979 por Alan Guth, então pesquisador do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.