Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Um exoplaneta gigante foi descoberto com nuvens encharcadas

Estás a ler: Um exoplaneta gigante foi descoberto com nuvens encharcadas

K2-18b, é o nome do exoplaneta que prende a atenção de muitos astrônomos no momento. Está a 110 anos-luz da Terra na constelação de Leão e circunda uma pequena estrela em 33 dias. Sua particularidade? Duas equipes de astrônomos disseram ter detectado sinais de água líquida em sua atmosfera em setembro passado. Então, um terceiro grupo indicou recentemente que as pressões dessa água líquida podem ser favoráveis ​​à vida.

Björn Benneke, astrônomo da Universidade de Montreal e que liderou uma das equipes por trás das análises realizadas em setembro de 2019, disse que o exoplaneta era um objeto de estudo único. Ele e seus colegas usaram os telescópios espaciais Hubble e Spitzer para estudar K2-18b mais de uma dúzia de vezes durante um período de três anos. O objetivo era observar de perto sua atmosfera, e podemos dizer que os resultados não decepcionaram, já que os pesquisadores conseguiram descobrir a presença de nuvens encharcadas ali.

Esta não é a primeira vez que os astrônomos estudam a atmosfera de um exoplaneta. Este estudo recente, no entanto, é bastante especial, pois K2-18b é menor do que os planetas estudados anteriormente. É apenas 2,6 vezes maior que a Terra com uma massa 8,5 vezes maior.

Boas condições para a presença de água

Quando analisaram a atmosfera do exoplaneta K2-18b, os cientistas notaram que a radiação luminosa emitida pela estrela foi completamente interrompida a uma certa altitude. Usando modelos, Benneke e seus colaboradores conseguiram determinar que nessa altitude, a pressão e a temperatura eram perfeitas para se ter água na forma líquida. De acordo com Benneke, com as informações que tinham em mãos, a única explicação possível era a presença de nuvens feitas de água líquida como as que podem ser vistas na Terra.

Quando as nuvens começam a ficar saturadas de água, a chuva acaba caindo. No entanto, em K2-18b, a chuva não toca o solo, pois as condições de pressão e temperatura ligeiramente mais baixas farão com que ela evapore.

Uma categoria ainda misteriosa

Podemos pensar que K2-18b é um planeta semelhante à Terra com suas nuvens de água. No entanto, este não é o caso, pois o exoplaneta é classificado como um sub-Netuno, ou seja, um gigante gasoso sem superfície. Pesquisas realizadas com o telescópio espacial Kepler revelaram que essa categoria de planetas era a mais comum em nossa galáxia. Mais de três quartos dos planetas da Via Láctea são de fato sub-Netunos.

Até agora, os astrônomos ainda estão lutando para entender como esses “pequenos” gigantes gasosos funcionam. A razão é que esses planetas cuja massa está entre a da Terra e a de Netuno não existem em nosso sistema solar.

Pode-se dizer que os resultados do K2-18b são uma benção para os pesquisadores aprenderem mais sobre sub-Netunos. Eles também nos permitirão ampliar nosso conhecimento sobre a evolução dos planetas.

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.

Table of Contents