Aprenda a Ganhar Dinheiro do seu Jeito na Internet!

Viagra pode ser usado para tratar um distúrbio alimentar raro em cães

Estás a ler: Viagra pode ser usado para tratar um distúrbio alimentar raro em cães

Não é incomum ver um medicamento específico para uma doença sendo usado para tratar outra. Este é precisamente o caso do Sildenafil, a versão genérica do Viagra. De fato, poderia ser um tratamento para uma doença canina rara chamada megaesôfago. Esta doença resulta em um alargamento e relaxamento do esôfago, que não pode mais impulsionar o alimento em direção ao estômago.

Cães com essa condição têm dificuldade em se alimentar, pois muitas vezes regurgitam alimentos. Estes também podem ir diretamente para os pulmões, causando pneumonia por aspiração. Até agora, nenhum tratamento eficaz para esse problema de regurgitação foi proposto.


cachorro com tigela
Créditos 123RF.com

De acordo com a Dra. Jillian Haines, co-autora do estudo e pesquisadora da Washington State University, o Sildenafil é a primeira droga que tem como alvo mecanismos anormais no esôfago e reduz a regurgitação. Este é um achado importante, pois a regurgitação excessiva acaba matando os cães.

A ação do Sildenafil na doença canina

De acordo com o artigo publicado no American Journal of Veterinary Research, o Sildenafil poderia possibilitar o tratamento desta doença canina seguindo o mesmo princípio do tratamento da disfunção erétil. De fato, atua tornando o relaxamento dos músculos mais suave. Isso permite que a parte inferior do esôfago se abra por 20 minutos a 1 hora, permitindo a passagem de alimentos e limitando a regurgitação.

Efeitos colaterais mínimos foram observados, mas em geral os cães foram capazes de recuperar o peso dentro de duas semanas de tratamento.

O curso do estudo

Dez cães com a doença participaram dos testes. Eles foram divididos em dois grupos. Durante duas semanas, o primeiro grupo recebeu placebo e o segundo Sildenafil. Na semana seguinte, eles não receberam nada, mas nas duas semanas seguintes os cães trocaram de grupo. Durante todo esse tempo, os proprietários foram instruídos a rastrear episódios de regurgitação.

De acordo com os resultados, 9 em cada 10 donos de cães que receberam Sildenafil líquido notaram uma redução na regurgitação durante as duas semanas de tratamento. Cães moderadamente afetados pela doença tiveram resultados dramáticos e seus donos continuam usando a droga até hoje. Para aqueles que foram gravemente afetados, foi mais complicado, pois não conseguiam engolir o remédio.

De qualquer forma, de acordo com Haines, muitos veterinários estão pedindo informações sobre a droga agora. Para o cientista, este é um tratamento que pode mudar e salvar a vida de muitos cães.

FONTE: IFLScience

~~~~~~~~📱~~~~~~~~

PCtg.net é o lugar perfeito para encontrar as últimas notícias e análises sobre gadgets e aplicativos de tecnologia, bem como dicas e truques sobre como tirar o máximo proveito de sua tecnologia.